10 Dicas para comprar imóvel em Miami  

 

Comprar imóvel sempre foi um bom investimento, imóveis são bens tangíveis, ao contrário de papéis e derivativos. Aplicar em imóveis, sem dúvida, é um dos investimentos mais seguros a serem feitos.

Além de seguro, você estará adquirindo um patrimônio, algo que não se perde, por mais que se desvalorize, ele estará sempre lá e tem sua utilidade.

Os imóveis, por serem um bem, acompanham automaticamente a inflação, sendo o mercado que dita o preço e não um indicador oficial.

Mas como qualquer investimento, é necessário analisar o mercado, o ideal é procurar locais onde os imóveis ainda estão subvalorizados com potencial de alta.

Os EUA constituem hoje um bom mercado para investimento de imóveis, Miami, entre as cidades dos EUA, é hoje percebida pelos investidores como a melhor cidade para investimento imobiliário nos EUA. Entre eles, em grande maioria os brasileiros.

Os brasileiros em Miami estão em grande massa, sejam passeando, investindo em imóveis para veraneio ou moradia. Não é à toa que os brasileiros estão escolhendo Miami para aplicar seus recursos.

Segundo a Revista Exame temendo o futuro do país, muitos brasileiros estão correndo para o dólar em busca de proteção patrimonial, quando se trata de proteção, os ativos mais demandados são os chamados “ativos reais”, como por exemplo, moedas, ouro e Imóveis.

A combinação do dólar enfraquecido, juntamente com o preço baixo dos imóveis logo após a crise de 2008, atraiu muitos compradores. Hoje o cenário não é o mesmo, tanto o patamar do dólar, quanto o preço dos imóveis que já subiram.

Mas as taxas de financiamento estão baixas podendo chegar até 4,5% ao ano, dependendo do valor de entrada e ainda existe perspectiva de valorização no mercado imobiliário dos EUA.

Pensando em tudo isso, vamos te dar 10 dicas valiosas para quem desejar comprar imóvel em Miami.

1 – Abra uma Conta Bancária nos Estados Unidos

Mesmo não sendo obrigatória a abertura de conta bancária nos Estados Unidos para a realização de transações imobiliárias, esse ato é recomendável.

Para abrir uma conta é necessário o passaporte e visto válidos, um segundo documento com foto, endereço fixo nos EUA e depósito inicial acima de U$ 100,00.

2- Ter um Visto válido

É recomendado que o comprador possua um visto válido, no mínimo de turista. Em algumas transações, que não envolva financiamento, até pode-se comprar a distância, sem a necessidade do visto. Toda a transação de documentações poderá ser feita via Fedex e Sedex, mas atenção: esse tipo de transação só é válido caso o imóvel seja pago à vista.

3- Defina o objetivo do Imóvel

Antes de efetuar a compra do imóvel, você precisa definir qual o destino desse investimento. Se o seu objetivo é um imóvel para descansar nas férias ou quando se aposentar, ou se será uma forma de investimento para renda, locando o imóvel durante o ano.

Sabendo seu real objetivo, será mais fácil encontrar o imóvel adequado que atenda suas expectativas. O corretor que estiver lhe atendendo também conseguirá assessorar melhor.

4- Pesquise muito e tenha alguém de confiança para auxiliar

Essa etapa chega a ser muito negligenciada pelos investidores. Mas, não se pode esquecer que para ir atrás do imóvel perfeito, é preciso fazer pesquisas, como por exemplo valores, objetivo do e-mail x localização.

A dica é verificar os preços médios dos imóveis no bairro desejado. Leve em conta também propostas de desenvolvimento que possam afetar os preços, tanto na valorização, quanto na depreciação.

Detalhes como esse só é possível saber se houver essa pesquisa, pode até parecer estranho, mas muita gente compra imóvel no escuro e acontece muito com imóveis comprados por brasileiros em Miami.

5- Saiba seu limite de financiamento bancário

Imagine, você passa meses procurando um imóvel, finalmente encontra um que te agrada, faz toda a transação do compromisso de compra e venda, mas quando vai ao banco fechar um empréstimo para finalizar o negócio, descobre que não conseguirá o montante que precisava.

Para evitar maiores problemas e frustrações, o melhor sempre é saber quanto consegue financiar antes de fechar o negócio. Nos EUA, os estrangeiros não conseguem financiar 80% do imóvel, igual no Brasil. Há algumas opções de financiamento para este fim, tendo 30% a 50% de entrada, isto é, você precisa ter no mínimo 70% e ainda a análise de crédito não é tão fácil assim, podendo ser solicitado uma entrada maior, como garantia. Quando há o financiamento, o processo dura de 45 a 60 dias, com exceção de imóveis na planta, que levam até oito meses para a finalização e entrega das chaves.

6- Tenha ciência dos custos envolvidos na negociação

O ideal é sempre conversar com o corretor, ele irá esclarecer e poderá aconselhá-lo sobre todos os aspectos relacionados. Incluindo as despesas e todos os custos envolvidos de compra e venda, como por exemplo, custos de cartório e imposto de transmissão de bens imobiliários.

7- A Localização

Se a decisão para adquirir um imóvel é importante, não menos é a sua localização, ainda mais no exterior. A localização de um imóvel em Miami é um dos pontos mais importantes, e essa decisão deve ser feito com cautela, não só pela localização de tantos parques e opções de compras mais baratas, que é o grande atrativo das multidões.

É necessário pensar na compra de um imóvel também perto de conhecidos pontos turísticos.

8- Confie no profissional que visitou o imóvel

Durante o processo de compra de um imóvel no exterior, é muito importante conferir tudo de perto. Muitas transações acontecem à distância, mas não deixe nunca de ter um corretor de confiança que conheça o imóvel e faça uma inspeção para passar a visão do imóvel.  Apenas uma pessoa qualificada poderá te ajudar nesse processo, garantindo que será uma boa compra.

9- Dinheiro ou Hipoteca?

Há alguns locais em Miami, como em condomínios, que só aceitam pagamentos à vista pelo fato dos bancos não aceitarem financiamentos de casas destinadas a aluguéis de curto prazo, mesmo não sendo este tipo de aluguel o seu objetivo, o condomínio precisa ter prévia aprovação do banco para financiamento.

Agora se você vai comprar o imóvel à vista, não tenha dúvidas e efetue a compra desta forma.

Porém, se a hipoteca for sua única opção para comprar o imóvel, isso exigirá um corretor de imóvel em Miami especializado em hipotecas para estrangeiros, que irá claramente explicar as opções.

10 – O mais importante, tenha um corretor de Confiança e Experiente

Quando o sonho de comprar um imóvel na Flórida começa a decolar do papel para a realidade, chega a hora de cuidar de todo o processo burocrático. Mas não se assuste com essa expressão! Pois, para o desenvolvimento da sua compra e a administração do seu futuro patrimônio transcorrer de forma simples, rápida e segura, você precisa apenas de uma corretora de imóveis de confiança e experiente na Flórida.

Com capacitação e conhecimento sobre o mercado, que seja uma ponte de comunicação entre você e seu sonho, assessorando em todas as áreas administrativas necessárias e com facilidade no diálogo, ou melhor, que fale a língua portuguesa.

A Suarez Realtors possui mais de 21 anos como BROKER nos Estados Unidos. Nossa corretora Fátima Suarez é brasileira, o que facilita o diálogo com compradores brasileiros, e poderá repassar informações idôneas.

Intitulados como Realtors, temos a função de realizar a consultoria na compra de imóveis residenciais e comerciais, e locações. Todo Realtor trabalha sobre o gerenciamento de um Broker, neste caso, a Suarez possui essa licença e por isso, pode ter pessoas trabalhando sobre sua gerência.

Além disso, nós podemos gerenciar os imóveis alugados, chamado de “property manager”, isto é, se você tem um imóvel nos EUA, pode contar com meus serviços para fazer a administração, desde financeira, até a contratações de serviços para a manutenção do seu bem.

Encontre a sua casa dos sonhos em Miami!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2019-04-03T01:01:55+04:00
[recaptcha]